OLHARES

OLHARES
ESPIRITISMO

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

FELIZ ANO NOVO!





REGRAS DE SAÚDE para um bom ANO NOVO


Guarde o coração em paz à frente de todas as situações e de todas as coisas.


Todos os patrimônios da vida pertencem a Consciência Divina .Apoie-se no dever rigorosamente cumprido.


Não há equilíbrio físico sem harmonia espiritual.


Cultive o hábito da oração. A prece é a luz na defesa do corpo e da alma.


Ocupe o seu tempo disponível com o trabalho proveitoso, sem esquecer o descanso imprescindível ao justo refazimento. A sugestão das trevas chega até nós pela inércia.


Estude sempre. A renovação das idéias favorece a evolução do espírito.


Evite a cólera. Enraivecer-se é animalizar-se, caindo nas sombras de baixo nivel.


Fuja à maledicência. O lobo agitado atinge a quem o revolve.


Sempre que possível, respire a longos haustos e não olvide o banho diário, ainda que ligeiro.

O ar puro é precioso alimento e o banho revigora as energias.


Coma pouco. A criatura sensata come para viver, enquanto a criatura imprudente vive para comer.


Use a paciência e o perdão infatigavelmente.

Todos nós temos sido caridosamente tolerados pela Bondade Divina, milhões de vezes, e conservar o coração no vinagre da intolerância é provocar a própria queda na morte inútil.


André Luiz (espírito), psicografia de Chico Xavier
Foto- MarleneRS 12/2010

domingo, 26 de dezembro de 2010

Sobre Muros e Pontes



"Quem constrói muros, não quer ver ou ser visto...

Mas quem constrói pontes, quer ir e voltar.

Quem constrói muros, não vê nem os amigos...

Mas quem constrói pontes, cria um elo com as pessoas.

Quem constrói muros, tem medo...

Mas quem constrói pontes, é corajoso.

Quem constrói muros, fecha-se dentro si mesmo...

Mas quem constrói pontes, abre novos caminhos.

Quem constrói muros, se vê preso dentro deles...

Mas quem constrói pontes, é livre.

Quem constrói muros, tende-se a ser egoísta...

Mas quem constrói pontes, quer levar e trazer.

Quem constrói muros, quer privacidade total...

Mas quem constrói pontes, faz da vida um livro aberto.

Construa mais pontes do que muros em sua vida...

E pode acreditar que...

Você será uma Pessoa muito feliz!"
foto- MarleneRS

BRASIL, MISSÃO DE SER ESPÍRITA


Mensagem
Publicado (23/12/2010) hj no "O Dia"...
Com a missão de ser o país espírita
Livro de Chico Xavier previu que o Brasil seria o principal centro da religião no mundo
POR DIEGO BARRETO
Rio - A morte não é barreira para Chico Xavier. No centenário de seu nascimento, o médium - morto em 2002 - protagoniza novo fenômeno: o crescimento sem precedentes do espiritismo. Embalados por inúmeros eventos, filmes e peças de teatro alusivos à data, centros espíritas de Norte a Sul do País registram aumento de até 50% de frequentadores (dados da Federação Espírita Brasileira), que buscam alívio e cura para o corpo e a alma na fé espírita.“Vem crescendo significativamente o número de pessoas que buscam as casas espíritas, após os eventos do centenário do Chico e a exibição do filme ‘Nosso Lar’. Embora difícil de medir, já que somos mais de 15 mil centros no País, algumas casas experimentam crescimento da ordem de 50%”, afirma João Pinto Rebelo,diretor executivo da federação.Para atender a demanda de novos adeptos, algumas instituições já mudam horários de reuniões. No Lar de Frei Luiz, em Jacarepaguá, a fila do primeiro atendimento dá voltas na quadra esportiva. “Como as sessões de quarta BEZERRA DE MENEZES, feira terminam às 20h, a triagem precisa começar cedo. O público cresceu muito: de 30% a 40%. Nas semanas seguintes às estreias de ‘Chico Xavier’ e ‘Nosso Lar’, a procura foi ainda maior”, explica Wilson Vasconcelos, diretor administrativo da instituição, que recebe mais de 4 mil pessoas por semana.No Instituto Espírita Bezerra de Menezes, no Centro de Niterói, as reuniões nas tardes de terça e quinta-feira lotam o salão. “Toda a divulgação do centenário de Francisco Cândido Xavier contribuiu muito para a busca pela doutrina. Nosso público aumentou em até 50%. Por semana, passam mais de mil pessoas poraqui”, diz o diretor Hélio Loureiro.A presidente do Centro Espírita Joanna de Ângelis, na Barra, Iraci Campos, destaca outro fenômeno importante para a disseminação dos conceitos espíritas: “Toda a divulgação do espiritismo na mídia foi extremamente positiva porque ainda havia muito preconceito. Muitas pessoas tinham pensamento completamente equivocado. Depois de ver os filmes, passaram a estudar o espiritismo. Nosso meio é filosofia, ciência e religião”, explica ela.O escritor Marcel Souto Maior, que fez a biografia de Chico Xavier, chama atenção para a reunião de lançamentos no ano do centenário. Segundo ele, os dois filmes que ajudaram a projetar a imagem de Chico deveriam ter ficado prontos bem antes. “Houve muitos atrasos nas filmagens. Muita coisa dava errada. Mas curiosamente tudo deu certo para terminar só em 2010”, surpreende-se ele, autor do livro ‘As vidas de Chico Xavier’.Uma das mais famosas obras de Chico,‘Brasil, Coração do Mundo, Pátria do Evangelho’, psicografada em 1938, revela que o País teria sido escolhido para a missão celeste de se tornar o centro mundial da fé espírita. Com o crescimento, a mensagem ganha ares de profecia. O número de praticantes cresceu 200% em 60 anos. Atualmente, são mais de 2,5 milhões de adeptos. Isso sem contar os 30 milhões de simpatizantes. Muitos até de outras religiões. “Chico sempre dizia que, quando não estivesse mais aqui, a palavra de Jesus seria mais espalhada”, afirma Eurípedes Higino, filho adotivo de Chico Xavier.O Conselho Espírita do Rio cadastrou 676 centros. Porém, o número ultrapassa mil. “Chico solidificou o espiritismo, colocou a semente na cabeça de muita gente e agora está desabrochando”, afirma Ronie Lima, autor do livro ‘Os caminhos espirituais da cura’.


26/12/2010

domingo, 19 de dezembro de 2010

Notícias do fime "NOSSO LAR"


17. Dezembro 2010 - 16:03


Diretor de fotografia assina sucesso de bilheteria no Brasil

Legenda: Cena do filme "Nosso Lar". (Cortesia)
Sobre o mesmo assunto
Cineasta de Zurique lança filme com Nana Caymmi
"Mago" brasileiro será julgado na Suíça
Berna: cidade dos fantasmas
Por Maurício Thuswohl, swissinfo.ch
“Nosso Lar” é um filme que já foi assistido por mais de quatro milhões de espectadores no Brasil.
Seu diretor de fotografia é o suíço Ueli Steiger, radicados nos EUA e figura tarimbada em vários sucessos de bilheteria. swissinfo.ch o entrevistou.
Após uma longeva temporada de mais de três meses de exibição no grande circuito das principais cidades do Brasil, o filme “Nosso Lar”, baseado no conhecido livro psicografado pelo médium Chico Xavier, saiu de cartaz no início de dezembro como um dos maiores êxitos desde a retomada da produção cinematográfica nacional. Com custo final estimado em US$ 10 milhões, “Nosso Lar” superou a marca de 4 milhões de espectadores em todo o país e atingiu o patamar de R$ 40 milhões em arrecadação nas bilheterias. O impressionante desempenho observado de Norte a Sul do Brasil tornou o filme de temática espírita dirigido pelo cineasta carioca Wagner de Assis o segundo maior sucesso nacional de 2010. “Nosso Lar” ficou atrás somente do fenômeno Tropa de Elite 2 que, com quase 11 milhões de espectadores e ainda em cartaz, já é o maior sucesso de bilheteria da história do cinema brasileiro. Uma das qualidades destacadas pelos críticos em “Nosso Lar” é seu apurado estilo visual, que confere uma atmosfera onírica, misturada a elementos de filmes de ficção científica, à narrativa transmitida pelo espírito André Luiz sobre as coisas que lhe acontecem após morrer e deixar a Terra. Por trás da singular assinatura visual do filme brasileiro está o conceituado profissional suíço Ueli Steiger, radicado desde os anos 1980 em Los Angeles (Estados Unidos), onde fez a fotografia de grandes sucessos de Hollywood, como “Godzilla”, “O Dia Depois de Amanhã”, “Austin Powers” e “Vida de Solteiro”, entre outros. Boa experiência A sensação de participar de um grande sucesso de público pela primeira vez no Brasil é “muito boa”, diz o suíço, que conversou com a swissinfo.ch por telefone de sua casa em Los Angeles durante um breve período de folga durante um intervalo nas filmagens de uma produção na Alemanha. Ele afirma ter um carinho especial pelo Brasil: “Eu já conhecia os filmes brasileiros, é claro. O Brasil tem uma longa história de grandes filmes”, diz. Ueli Steiger conta que sua relação com o Brasil se tornou mais estreita há alguns anos, quando estudou na Film School of London (Escola de Filme de Londres) e construiu amizade com o cineasta brasileiro Aluízio Abranches, então seu colega de curso. Convidado pelo amigo brasileiro para fazer a fotografia do longa-metragem “Do Começo ao Fim”, o suíço abriu novas portas para sua carreira: “No Brasil, passei ótimos momentos e tive experiências profissionais muito interessantes”. Outros contatos no Brasil foram logo surgindo para Steiger: “Pudemos fazer alguns pequenos filmes, e fiz diversos novos contatos. Um desses contatos foi com o Wagner de Assis do ‘Nosso Lar’. Ele me falou sobre o filme, me disse que o projeto era muito ambicioso, e me convidou para ajudá-lo a fazer”, conta. Segundo Steiger, o processo de produção de “Nosso Lar” obedeceu à mesma lógica dos outros filmes nos quais trabalha em Hollywood: “Estive no Rio, fiz as primeiras reuniões com o produtor de design e o diretor do filme. Na minha cabeça, logo ficou claro que se tratava de um filme complexo porque é um tipo de filme espiritual onde os efeitos devem desempenhar um papel diferente do desempenhado em um filme de ficção científica”. Para colocar em prática o que havia pensado, Steiger comandou, além de alguns profissionais contratados no Brasil, uma pequena equipe que trouxe de Los Angeles e que sempre o acompanha, formada pelos técnicos norte-americanos Scott Drinon, Reid Russell e Joe Sanchez.

Ueli Steiger durante as filmagens no Rio de Janeiro. (www.imdb.de)
Conceito visual Apesar de suas experiências recentes com os exageros visuais do cinema-catástrofe, Steiger optou por um maior comedimento em “Nosso Lar”, como admite: “Tratava-se de um filme religioso, um filme muito moral. Por isso, eu procurei trilhar um caminho, digamos, old fashion. Procurei buscar inspiração em coisas que eu gosto, do tipo Star Wars”. A abordagem mais comedida, segundo o suíço, não significou um menor grau de dificuldade: “No começo foi preciso tomar uma decisão muito complicada sobre o que fazer aparecer como efeito e o que fazer aparecer como real nesse ambiente chamado de ‘Nosso Lar’ pelo personagem-narrador, o André Luiz. Por experiência, sabia que quanto mais elementos reais houvessem para serem trabalhados no computador, mais complicado seria para que o resultado visual ficasse bom”. Outra preocupação constante de Steiger era o respeito ao orçamento do filme, terreno onde as realidades no Brasil e em Hollywood são bem distintas: “Efeitos visuais podem tornar muito cara a produção de um filme. Os filmes com grandes efeitos especiais são muitos caros para os padrões brasileiros. Avatar, por exemplo, custou US$ 50 milhões de dólares”, diz. “Nosso Lar 2” O enorme sucesso de “Nosso Lar” já faz surgirem na grande imprensa as primeiras especulações sobre a produção de uma continuação, desta vez baseada no livro “Os Mensageiros”, também psicografado por Chico Xavier a partir de um relato transmitido pelo espírito André Luiz. O filme “Nosso Lar 2” contaria novamente com a direção de Wagner de Assis e, provavelmente, com nova participação de Ueli Steiger. Como a nova produção ainda não foi oficialmente confirmada, o suíço diz ainda não ter novos projetos em vista no Brasil, mas deixa escapar que novidades podem surgir em breve: “É claro que eu espero trabalhar em breve no Brasil novamente! Espero trabalhar novamente com Wagner de Assis. Eu espero ansioso para voltar ao Brasil porque nós criamos uma equipe de trabalho de muita qualidade e eu tive experiências muito interessantes no Rio e em Brasília”.


Maurício Thuswohl, swissinfo.ch

Rio de Janeiro

Foto com moldura

Foto com moldura

Scrapee.net - Criador de Glitters

Scrapee.net - Criador de Glitters

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

OI, PAI


Ai no mundo da verdade

de onde viemos e pra onde sempre voltamos

espero que esteja bem

pois foste um homem do bem

para o bem.

Deixou muita saudade,

também muito exemplo

de amor e aceitação.

TE AMO!!!!!!!!!




"Em meio dessa luz,

Escutaras JESUS

Enternecidamente,

A dizer-te no fundo da alma crente

-Alma querida, vem!...

Ouço-te a voz na prece, em qualquer parte,

Devo, entanto, esperar-te

Na seara do bem.

Chamaste-me, decerto,

Para saber que DEUS ama e compreende em ti!...

Buscavas-me longe e aguardo-te tão perto...

Alma boa, eis-me aqui!..."


* Maria Dolores ( Chico Xavier)


* TRIBUTO ao 6º ano de partida do meu papai.

MarleneRS 17/12/2010

O homem e o tempo









É aconselhavel ao homem

"Desfrutar o momento que se vive.
Se é horário de trabalho, trabalhar com serenidade, sem se angustiar pelo que ocorre em outros ambientes.
Em casa, desfrutar em paz da companhia da família.
Em momentos de estudo, apenas estudar.
Para viver em paz em meio às tormentas do mundo, é preciso tornar-se senhor do próprio tempo.
Eleger o que merece dedicação em dado instante e fazê-lo com serenidade.
Como disse Jesus, o dia de amanhã cuidará de si mesmo.
Se o hoje for bem vivido e aproveitado, certamente o amanhã será pacífico."

Texto: Redação do Momento Espírita

*********************************************************

É Natal, mesmo sabendo que sempre é dia de JESUS e de reformas, vamos pensar, e aproveitar este momento, dedicado a comemoração do nascimento do MENININHO JESUS... Refletirmos sobre nossos comportamentos e atos.
Fazer mudanças, é difícil, mas com vontade e ajuda dos
Amigos Protetores podemos nos auto reformar.
JESUS aguarda, nossa Ascenção espiritual,
junto ao CRIADOR, DEUS, nosso PAI de MISERICÓRDIA.

MarleneRS 17/12/2010





quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

MENSAGEM DE ESPERANÇA



Deus é meu Pai.
A Natureza é minha Mãe.
O Universo é meu Caminho.
A Eternidade é meu Reino.
A Imortalidade é minha Vida.
A Mente é meu Lar.
O Coração é meu Templo.
A Verdade é meu Culto.
O Amor é minha Lei.
A Forma em si é minha Manifestação.
A Consciência é meu Guia.
A Paz é meu Abrigo.
A Experiência é minha Escola.
O Obstáculo é minha Lição.
A Dificuldade é meu Estímulo.
A Alegria é meu Cântico.
A Dor é meu Aviso.
A Luz é minha Realização.
O trabalho é minha Bênção.
O Amigo é meu Companheiro.
O Adversário é meu Instrutor.
O Próximo é meu Irmão.
A Luta é minha Oportunidade.
O Passado é minha Advertência.
O Presente é minha Realidade.
O Futuro é minha Promessa.
O Equilíbrio é minha Atitude.
A Ordem é minha Senha.
A Beleza é meu Ideal.
A Perfeição é meu Destino.





*Mensagem recebida por Francisco Candido Xavier

CHICO XAVIER

Deus nos concede, a cada dia, uma página de vida nova no livro do tempo. Aquilo que colocamos nela, corre por nossa conta." Chico Xavier